CONTOS   CRÔNICAS    POESIAS    TEXTOS DIVERSOS    REALIDADE & REFLEXÃO   FICÇÃO   CIENTÍFICA    MÚSICA    IDENTIFICAÇÃO      ESPECIAL    ARQUIVO     IMAGENS     LINKS

                            ESPECIAL  -1-              

           FINALIDADES DO SITE GRUPO DAS "4":          

A   -    DIVULGAR O TRABALHO DO GRUPO;

B   -    INCENTIVAR A CRIAÇÃO DE GRUPOS SEMELHANTES

           EM OUTRAS COMUNIDADES;

C   -    MOSTRAR COMO CHEGAMOS AO NOSSO OBJETIVO E

           COMO FUNCIONA O GRUPO.

                                      

           DIVULGAÇÃO DO NOSSO TRABALHO

            Depois de doze anos de existência, vimos apresentar nossas crônicas, contos e poesias. Periodicamente novas páginas e novos itens serão inseridos.

            Nosso site completa 1 ano de existência em outubro-2006.

          GRUPOS SEMELHANTES EM OUTRAS COMUNIDADES.

          O Grupo das "4" pode não ser o único a criar uma forma de acolher pessoas que apenas gostam de escrever, de cantar ou de executar instrumentos musicais. Não é de nosso conhecimento a existência de uma atividade como a nossa.

         OBJETIVO E COMO FUNCIONA

          Quatro senhoras fundaram o Grupo das "4". Tem este nome porque a princípio somente as quatro se reuniam para lerem ou declamarem seus próprios textos. De quatro foi para cinco, e daí por diante, mais pessoas foram se integrando, hoje compõem o que podemos chamar de uma "organização" de cinqüenta membros.

         Os textos acumularam e dois livros já foram publicados: Chá das "4" e Cantos da Serra.

        O Grupo funciona como uma unidade, sem estatuto, sem presidência, sem tesouraria ou qualquer compromisso, a não ser o de respeitar os(as) companheiros(as).

          Não possui qualquer fim lucrativo.

          Nem todos os membros possuem um conhecimento gramatical perfeito, mas escrevem, por vezes são auxiliados pelos colegas na correção de seus textos.

                                                    

                                   

 

LEIA NOSSOS TEXTOS. ENVIE-NOS SUA SUGESTÃO, SUA CRÍTICA OU ELOGIO. SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE. FALE COM O GRUPO DAS 4 OU COM NOSSOS AUTORES. UTILIZE NOSSO E-MAIL:

 

                                                    

RELATÓRIO = REUNIÃO DE 28/04/2006

REUNIÃO REALIZADA NA CASA DE NILZA ALVES DE PONTES MARQUES PARA DECIDIR SOBRE A FESTA DE ANIVERSÁRIO DO GRUPO DAS 4 EM MAIO.

FICOU DECIDIDO: JANTAR NO "ALDEIA VELHA" DIA 03/06/06 ÀS 17,30 HORAS.

SERÃO CONVIDADOS DAVI E GILMAR FRANÇA

ATIVIDADES DO DIA -

FALTOU A REUNIÃO APARECIDO MEDEIROS POR ESTAR INTERNADO EM HOSPITAL EM POÇOS DE CALDAS.

FORAM LIDAS CRÔNICAS, CONTOS, POEMAS PELOS SEGUINTES:

1 - MARIA FRANCISCA DA SILVA VENTURELLI: ESCALADA (POESIA)

                                          A NOVIÇA (POESIA)

2 - BRUNA APARECIDA FERNANDES BARBOSA: PRINCESAS

3 - SAMANTHA RUY DE LIMA: AMANHÃ É AGORA

                            SEM NOME (REFLEXÃO)

4 - LUIZ JOSÉ DIOGO: VIOLEIRO ENVENENADO (POESIA)

                                        LIVRO DO PENSAMENTO (POESIA-CANTO)

5 - LUIZ ANTÔNIO PONTES DIOGO: HOMENAGEM AO GRUPO DAS 4 (CRÔNICA)

                                                  ZÉ DO PEIXE, O PESCADOR GUERREIRO (CRÔNICA)

                                                  CONTOS DE FADAS (CRÔNICA)

6 - JOAQUIM JOSÉ DE PONTES: PROFESSORES (CRÔNICA)

                                                       TRONCO (REFLEXÃO)

7 - NILZA ALVES DE PONTES MARQUES: A PERMUTA (CONTO)

                                                                       ESSE TREM (CANTO)

9 - GALENO: PRINCESINHA

                       MÃE (POEMA)

10-ELAINE VENTURELI CALDAS: MÃE SOLITÁRIA (POESIA)

                                                         AFLIÇÕES DE UMA AVÓ (CRÔNICA)

11-ISABEL APARECIDA LÁZARO: O AMOR (CRÔNICA)

12-LUIZ CUSTÓDIO DE OLIVEIRA: JESUS (POESIA)

13-IDAILDO HENRIQUE PRADO: ENCONTRO (POEMA)

                                                         COMPANHEIROS (REFLEXÃO)

14- MÁRCIA MARIA MELO MAGALHÃES MANZOLI: COMEÇAR DE NOVO (CRÔNICA)

                       LEU POESIA NOITE DE J. G. DE ARAUJO JORGE

15- TATIANE SITTA DE AZEVEDO: SER TOLO (CRÔNICA)

                                                            ACREDITE EM SI MESMO

16- VALÉRIO DIOGO: CANTOS COM VIOLÃO

                                 

17- GENTIL VENTURELLI: CANTO COM LUIZ DELAVIA NO VIOLÃO

                                             CANTO JUNTO COM RAQUEL TORRES

18- RAQUEL TORRES: CANTOS COM LUIZ DELAVIA NO VIOLÃO

                                   19- LUIZ CUSTÓDIO DE OLIVEIRA: CANTO JUNTO COM RAQUEL TORRES E LUIZ DELAVIA NO VIOLÃO.

20- LUIZ DE PONTES DIOGO: LEU CRÔNICA DE JOSÉ ANTONIO FERREIRA - O AMIGO, IRMÃO DO PEITO.

21- MÁRCIA DE FÁTIMA GARCIA: SEM NOME (POEMA)

 

                                      

                                                 

                                   CURIOSIDADES     

COLABORAÇÃO DE APARECIDO MEDEIROS

 

DADOS EXTRAÍDOS DO LIVRO

CAMINHANDO DE SAMAMBAIA A ANDRADAS DE

NILZA ALVES DE PONTES MARQUES

 

                                              VOCÊ SABIA?

      Que Andradas completou no dia 22-02-2006  - 2l7 anos da chegada de Felipe Mendes do Prado e de Antônio Rabelo Carvalho?  Foram os primeiros a chegar na localidade.

     Que a Igreja Católica guarda em seus arquivos, os livros de registro de nascimento e óbito dos escravos, e que o mesmo não era feito no mesmo livro dos brancos, tamanho o preconceito racial?  E também, que isso ocorria  pelo seu compactuar com os ricos donos de escravos os quais sustentavam as obras eclesiais?

     Sabia ainda, que antes de 1.950, os andradenses que quisessem estudar após a quarta série, tinham que se deslocar para Campinas, etc. e que para isso a pessoa tinha que residir fora porque não havia meio de transporte que facilitasse ida e volta?

     Que foi D. Nair Duarte quem conseguiu a primeira escola de quinta a oitava séries para Andradas e que se chamava Ginásio Independência?

     Que nosso mercado municipal foi inaugurado no dia 21-04-29 na gestão do Dr. Orestes Gomes de Carvalho?

     Que a Rua Cel. Oliveira se chamava Rua do Comércio e a Rua Cap. Cyrilo se chamava Rua das Palmeiras?

     Que a primeira biblioteca de Andradas foi fundada em 1.883 por José Francisco de Oliveira e Theodoro José de Oliveira com 200 volumes?

    Que a primeira banda de música foi criada por José Antônio Alves, músico daqui mesmo de Andradas?

    Que o Asilo São Vicente de Paulo, A Casa Paroquial, o Cine Risso, o Busto do Coronel João Mosconi e o Monumento Rodoviário foram inaugurados em 01 de agosto de 1.954 pelo Governador do Estado, Dr. Juscelino Kubtscheck de Oliveira?

    Que a escadaria da nossa igreja, guarda dentro dela uma outra só de pedras enormes e que dentre elas havia algumas de dois metros de comprimento e era muito íngreme?

    Que um andradense já foi vice-presidente da República e seu nome era Francisco Álvaro Bueno de Paiva no período de 1.923 a 1.928?

   Que a Rua Cel. Oliveira é uma homenagem ao Cel. José Francisco Oliveira, Agente Executivo {Prefeito por volta de 1.892 e que trouxe para Andradas as primeiras mudas de parreiras?

     Que a primeira plantação de batatas a nível comercial foi feita no Vapor, bairro pegado ao Campestrinho, por Victor Felisberto em 1.936?

     Que a IV chegou no Brasil em 1.950?

     Que Capela não significa apenas a Casa de orações e sim, o conjunto dela e as casas a sua volta? Até bem pouco tempo o pessoal do Campestrinho chamava o local de Capela.

   Que Pedra Fundamental é sempre uma caixa lacrada contendo a planta do prédio, histórico, fotos, sementes etc.?