CONTOS   CRÔNICAS    POESIAS    TEXTOS DIVERSOS    REALIDADE & REFLEXÃO   FICÇÃO   CIENTÍFICA    MÚSICA    IDENTIFICAÇÃO      ESPECIAL    ARQUIVO     IMAGENS     LINKS

                                       ARQUIVO -52-         

           

 

                                                

 

                                                   SETEMBRO - 2010

                 

DATAS DO MÊS

7 DE SETEMBRO - INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

                    

                          

                                                               ELEIÇÕES

                                                                Por Armando de Oliveira Caldas

 

 

         Em breve voltaremos às urnas para deixarmos nossa opinião, ou melhor, a nossa escolha.

         Não estamos num pequeno país e a responsabilidade de quem irá comanda-lo é muito grande. Temos que pensar muito ao deixar nosso voto.

        Como qualquer pessoa os candidatos são pessoas sujeitas a falhar, a cometer erros e infelizmente até levar nossa nação para caminhos indesejáveis. É uma grande loteria, onde confiar e desconfiar serão uma constante de nossa parte.

        Neste momento os corruptos estão agindo, traçando planos para apenas obterem vantagens.

        Necessitamos de muita dignidade naqueles que encabeçarão nossos destinos para que tenhamos um Brasil cada vez mais sólido. Os nossos interesses estão dentro deste enorme território não no exterior. A liberdade, a educação, a facilidade para consumo são as bases para a tranqüilidade de nossas vidas. O ganho equilibrado e bem distribuído fazem parte deste conjunto. A produção interna é fator fundamental, pois aliada ao trabalho haverá um futuro de benefícios em geral.

        Dentro do contesto atual a televisão exerce um papel importantíssimo, mas também pode influenciar negativamente quando expõe propagandas cuidadosamente preparadas para nos atingir, para modificar tendências por vezes corretas.

         O candidato inteligente nunca será aquele que ataca os oponentes, mas aquele que apenas procura mostrar o que pretende fazer se eleito.

         A boa escolha não deverá ser apenas da presidência, mas para toda e qualquer pessoa que pretenda se eleger. 

        Se cuidarmos bem deste aspecto com certeza teremos um resultado satisfatório.

 

 

 

                                SETE DE SETEMBRO DE 2010

                                (Texto repetido adicionado para completar o pensamento acima). 

                                Por Armando de Oliveira Caldas

                                          

               Dia de homenagearmos nossa Pátria. Dia de a NAÇÃO refletir, pensar no que somos. Nos benefícios que podemos criar para nós.

              Este sete de Setembro é especial, pois no próximo mês escolheremos nossos representantes. Cabe então uma mensagem para os candidatos:

              Se você se candidatou, mas pensa mais em si do que no País, abandone agora, não tome o lugar de quem realmente queira promover a ordem e o respeito que os cargos exigem.

              Nós somos quase duzentos milhões de pessoas que esperam melhoras na Educação, no Trabalho e na Segurança. Não podemos aceitar mais os fatos que vem manchando a vida pública.

               Com certeza é isto que a grande maioria deseja!

               Viver com dignidade e com alegria é a grande esperança.

               Nossos antepassados lutaram muito para criarem uma NAÇÃO tão grande, um enorme coração no mundo. Não podemos desvirtuar nosso destino. Oportunidades para todos têm que ser um lema real, uma verdadeira prática que envolva Governo, empresários e todos os habitantes deste Território.

               Precisamos acreditar em nós, mesmo o que estão na marginalidade devem raciocinar para melhorar nossos caminhos.

               Uma união nacional em favor de uma vida tranqüila é urgentíssima.

               Nunca os ganhos fáceis podem gerar o bem, se favorecem os praticantes do ilícito, prejudicam a sociedade. Cadeias e penitenciárias já não suportam a quantidade de transgressores.

              Temos que cuidar de nossas crianças mostrando os caminhos corretos para a vida. Não são apenas seus direitos que devem ser mostrados, mas principalmente suas obrigações.

              Se quisermos criar uma sociedade justa, temos que rever conceitos, parar e abandonar coisas ruins. Cada um sabe perfeitamente o que faz de certo ou errado.

               Nada melhor que o SETE DE SETEMBRO para uma reflexão.

              O bom exemplo só traz o que há de melhor para nós e para nossos descendentes. Pensar no futuro é preparar nossa continuidade, porque não morremos totalmente.

               Concluindo, vejam um pequeno texto do Livro “Contos Pátrios” de Olavo Bilac e Coelho Neto:

               “ O esforço coletivo, animado pelo amor e pela bondade, há de um dia nivelar todos os homens, e há de assentar no seio do planeta que habitamos a felicidade completa! Tu, que amas a terra em que nasceste, aprende, reconhecendo o valor do que os teus avós já fizeram, a sacrificar o teu próprio bem ao bem comum, para que os teus filhos e os teus netos possam abençoar a memória dos que te deram a civilização!”