CONTOS   CRÔNICAS    POESIAS    TEXTOS DIVERSOS    REALIDADE & REFLEXÃO   FICÇÃO   CIENTÍFICA    MÚSICA    IDENTIFICAÇÃO      ESPECIAL    ARQUIVO     IMAGENS     LINKS

                                       ARQUIVO -50-     

                         

 

                                                                      JULHO - 2010

DATAS DO MÊS

ULTIMA SEMANA - FESTA DO VINHO EM ANDRADAS

 

                         Aniversário do Grupo das 4

                                   Por Armando de Oliveira Caldas

 

     Em Junho o Grupo completou dezesseis anos de existência. Anos que se acumulam na solidificação de um ideal.

Manter acesa a chama da cultura é o objetivo que norteia todos os participantes e o resultado é cada vez mais compensador. Este site vem somando um pouco do esforço na luta pela cultura em nossa Terra. São muitos os textos que se distribuem nas diversas páginas compondo um pouco a visão daqueles que uma vez por mês se apresentam na continuidade de um trabalho que o tempo dificilmente apagará. Porém, é necessária uma maior participação no envio de material para que possamos manter esta página na Internet.

     Começou com as quatro fundadoras e, ano após ano vem mostrando sua importância em nossa sociedade. Vejam algumas fotos da festa de confraternização em IMAGENS.

 

                                                          

       

 

 

                              COPA DO MUNDO DE FUTEBOL

                                           Por Armando de Oliveira Caldas

 

       Há algo muito errado no Futebol. Não porque perdemos e tivemos de voltar, mas pela técnica exagerada que acompanha a formação de super-homens com a finalidade de ganhar a qualquer custo. A inteligência apenas não consta, mas sim a fúria de verdadeiros gladiadores dentro da arena.

      Quanto maiores mais se enquadram no conjunto e, continuando desta forma deixaremos de ter jogos dentro de uma realidade do porte humano. Melhor dizendo, apenas grandalhões serão capazes de compor equipes.

       Seja como for esperávamos abraçar o “caneco” e traze-lo para o Brasil, mas ainda não foi desta vez. Em 1914 será a nossa vez de sediar o evento e que nosso desejo se realize.